domingo, 25 de março de 2018

Pílulas Políticas, 25/03/2018


Tenho alguns comentários curtos a fazer sobre coisas que vem acontecendo ultimamente.

RJ: a frente de esquerda que deveria ser nacional e evitada no estado - Esquerdistas do Rio de Janeiro decidiram se unir em torno de uma única candidatura: a do pequeno burguês Marcelo Freixo. Sinceramente sou contra esta frente única de esquerda no Rio de Janeiro. Primeiro porque a esquerda faz aqui o que deveria fazer nacionalmente: todos se unirem em torno da candidatura de Lula para presidente, com importantes esquerdistas se candidatando para o Poder Legislativo, enchendo o congresso de esquerdistas. Segundo porque não confio em Freixo. Sem querer fazer afirmações, percebo que ele age como se não fosse esquerdista. Merece ser alvo de muita atenção.

Esquerda ignora direitismo de José Padilha - Estreou recentemente a série O Mecanismo, que é mais ou menos a adaptação para seriado do filme Polícia Federal, a Lei é Para Todos (menos para os Tucanos). Os comentários de sites esquerdistas até agora não enfatizaram o direitismo convicto do diretor José Padilha, membro do Instituto Millenium e apoiador explícito do Golpe de 2016, sendo uma espécie de "Olavo de Carvalho" do cinema. Estranho a esquerda ignorar o pedigree semi-fascista do diretor da saga de pancadaria Tropa de Elite.

Lula se livrou de mais uma: mas é cedo para comemorações - A esquerda entrou em clima de "já ganhou" ao receber a notícia de que Lula não poderá ser preso (injustamente, pois não há provas de crimes e delitos). Esquecem os direitistas o fato de que a direita tem todos os meios para derrotar Lula seja ele preso ou eleito. A direita conta com os maiores financiadores políticos do planeta e não faltará chuva de dinheiro para que um plutocrata mantenha o golpe e reduza o país em uma colônia de exploração. Melhor termos cautela e acompanharmos os fatos. 

Plutocratas querem fim da Lava jato para não atingir tucanos - A plutocracia, representada pelos meios de comunicação que nunca passaram de porta-vozes das elites endinheiradas, já pede o fim da Lava Jato. Com Lula condenado e surgindo a ameaça de atingir membros do PSDB, as elites, que vem nos tucanos os seus representantes políticos, já se agitam para que estes, extremamente úteis para a manutenção do golpe e da ganancia capitalista no país, não sejam pegos e punidos pela operação. Nos bastidores já existem ações para aos poucos encerrar a operação, dispensando seus responsáveis, mandando-os ao exterior. Tudo para que o PSDB continue intotcável, para o bem dos mais ricos.

Nos EUA, celebridades endinheiradas pedem desarmamento. Já no Brasil... - nos EUA aconteceu ontem uma imensa passeata, a March for our Lives (marcha/março pelas nossas vidas) com apoio de inúmeras e mais famosas celebridades do país, pedindo limites para o armamento, maior controle sobre o porte de armas e o fim da violência. No país Tupiniquim, as elites brasileiras fazem justamente o oposto, pedindo maior armamento e mais violência para combater o que as elites classificam como "criminosos": pretos, pobres e favelados. As lites e a classe média bajuladora apoiaram euforicamente a desastrada intervenção militar, com direito a aplausos - testemunhados por mim - quando passavam carros do exercito nas ruas. É a elite brasileira não é tão sábia assim. É pura pauleira!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.