quarta-feira, 11 de março de 2015

Neodireitismo só é possível porque brasileiros se contentam com pouco

Estamos regredindo! Em pleno século XXI resolvemos ressuscitar as ideias de direita, para defender os interesses da elites e os valores abstratos que eles defendem. Com interesses claros de defender valores estabelecidos, nem que isso custe a vida de seres humanos, subestimados pelas ideias de direita. Ate porque para capitalistas, pessoas são somente os integrantes da elite. O resto é bicho a lhes servir. E se não serve, pode ser eliminado.

Mas parte dessa "bicharada" está bastante empenhada a defender os interesses dessa elite-que-se-acha-humana. Muitos integrantes das classes que não pertencem à elite tem lançado nas redes sociais muitas postagens em prol de ideais de direita e exaltação de valores retrógrados. 

Muitos deles, infelizmente, lançam mão de desejo e crueldade para com aqueles que atrapalham os interesses essa elite. O importante é o bem estar da elite, que na mente desses alienados são nada mais que vitoriosos na "competição humana pela vida". falam ate em termos como "meritocracia" ou "darvinismo social"para justificarem o que pensam, o que é uma grande bobagem.

Mas porque pessoas com dificuldades na vida, muitas delas impostas pela elite defendida pelos mesmos, resolvem defender essa elite? Uma atitude que lembra muito a Síndrome de Estocolmo, quando uma pessoa cria uma certa afeição por aquele que o prejudica.

Simples. O brasileiro se contenta com pouco. Pouquíssimo. Manter as ilusões (futebol, cerveja, festas) e valores abstratos (religiosidade, moralismo) é a meta de quase todos os brasileiros. Se essas coisas forem mantidas nas vidas dos brasileiros, está tudo bem. O país pode até explodir, desde que ilusões e valores abstratos não explodam. Mas se ilusões e valores explodirem, e ai que os brasileiros viram fera. E para defender justamente isso, resolveram recorrer à elite. 

E a a elite deve adorar isso. Se ilusões e valores abstratos é o que a população quer, então ela não quer muito dinheiro. Apenas o necessário para manter essas ilusões e valores. O resto é supérfluo. Principalmente coisas mito mais importantes. 

E para a elite isso é bom porque a dispensa de distribuir renda. Ilusões e valores abstratos podem ser mantidos com pequenas rendas. Aí o sistema pode ser injusto que ninguém se ferra, pelo menos aparentemente.

Essa acomodada noção de satisfação pode explicar porque entre as pessoas de classes média e baixa têm aparecido defensores apaixonados do sistema capitalista e verdadeiros puxa-sacos da elite, a mesma que os despreza constantemente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.