terça-feira, 5 de agosto de 2014

Médicos estrangeiros: e se o governo decidir fazer o mesmo com todas as profissões?

Uma coisa que não está sendo discutida nesse projeto Mais Médicos: que ele traz dois problemas a mais para a sociedade brasileira:

- Estrangeiros tomando o lugar de brasileiros nas profissões.
- Estrangeiros são pessoas a mais a usufruir dos bens já mal distribuídos que o país oferece.

Ninguém reparou que estes problemas podem acontecer se tivermos o costume de chamar estrangeiros para vir morar aqui? Se os brasileiros natos já encontram dificuldades para conseguir o mínimo necessário, imagine se os estrangeiros vierem morar em massa aqui.

O Brasil tem fama de muito aberto a estrangeiros. Eles chegam e vão logo tomando o nosso lugar. Temos o hábito de sermos bonzinhos demais e os estrangeiros vão se aproveitando disso e tomando para si aquilo que deveria ser nosso. Isso não se trata de xenofobia e sim uma atitude de defesa de nossa soberania, do bem estar de quem já nasceu aqui.

Não faltam médicos. Falta é estrutura para o serviço médico

Outra coisa. O governo achou que seria muito mais barato contratar médicos estrangeiros do que equipar todos os hospitais do país. Não faltam médicos e sim equipamento. Um médico responsável nunca irá trabalhar sem o equipamento necessário.

Mas equipamentos são bem caros. Adequar hospitais de localidades interessantes a um atendimento digno e eficiente é oneroso e não interessa ao governo. Contratar médicos estrangeiros pareceu a solução mais barata, desde que estes - ansiosos por um visto de permanência ou a naturalização, conquistados apenas mediante trabalho - estejam dispostos a trabalhar sob qualquer condição, seja a pior possível, num verdadeiro faz de conta.

O governo está fazendo errado e com isso poderá fazer se instalar um verdadeiro caos em nosso país já tão caótico. Se esqueceram de medir as consequências de um ato que me parece bastante irresponsável. O barato sairá muito caro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.