quarta-feira, 22 de maio de 2013

Prostitutas, drogados, esmolas e cultura ruim: deu a louca na esquerda petista

A "esquerda" brasileira pirou de vez. Na tentativa de agradar a gregos e troianos, jogou o bom senso e em vários casos a ética no lixo e deu a defender situações de moral duvidosa e de racionalidade estranha.

Se não bastasse tentar negar qualquer forma de corrupção nos partidos de "esquerda", agora deram para defender pessoas que vendem o próprio corpo, como as prostitutas, achar que usuários de crack tem discernimento para decidirem ser internados ou não, formas de esmola (que ainda por cima estimulam preguiça e o nascimento exagerado de bebês) como solução definitiva parta melhoria na distribuição de renda e a degradação cultural entendida como forma de evolução cultural.

Na mente de quem pensa assim, há uma tentativa de soar humanista, mas de forma incoerente e desastrosa. A "esquerda" brasileira, na tentativa de agradar, não enxerga os limites da sensatez, optando por esses pontos de vista que mais atrapalham do que ajudam na melhoria da população.

Como ver dignidade em quem vive de vender o corpo? por mais desesperador que possa ser, isso não é normal, é uma situação que deveria ser o mais provisória possível. Creio que ninguém goste de explorar seu corpo como mercadoria, a não ser alguém de baixíssima auto estima e com ausência de bom senso. As formas de ganhar dinheiro são inúmeras, o que dispensa a transformação da prostituição em profissão regulada.

E como podem achar que usuários de crack uma droga claramente destruidora do cérebro, podem ter o discernimento para decidir se querem ou não ser internados? Se eles, ao fugir das autoridades, atravessam a rua sem ver os carros que estão a lhes atingir, como é que possuem a razão em condições de decidir por alguma coisa? Até porque se perguntar a qualquer um, a resposta sempre será a de preferir ficar ali cheirando, tanto por causa do vício em si como da inércia confortável que se sentem durante o consumo.

Sobre as esmolas governamentais, falei em postagem recente. Sobre a decadência cultural, não faltam textos em meus blogues sobre o assunto.

Essas e outras loucuras que a "esquerda" deu de repentinamente defender mostram que as tentativas desesperadas de agradar as partes mais carentes da população parecem ultrapassar os limites da lógica e do bom senso, pois é mais fácil agradar estimulando a inércia dessa gente toda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.