segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Bolsa Novela: Governo quer estimular povo a assistir mais TV

Eu sabia. O anúncio de redução da energia elétrica era uma pegadinha. Somente eu percebi que nesta pegadinha estava a intenção de intensificar a audiência televisiva, alienando a população e enriquecendo ainda mais as elites, mantendo tudo do jeito que está.

Está sendo anunciada uma nova esmola para manter a população na inércia e aumentar a natalidade (mais gente neste mercado de trabalho já tão escasso) que prepara o Brasil para ser uma nova China (no aspecto de densidade populacional).

Conhecida pejorativamente como "Bolsa-Novela" (ainda não foi oficialmente definido o nome), é uma esmola para que a população possa comprar TV de última geração. Para os incautos, a TV se tornou um artigo de "primeira" necessidade, já que, cá para nós, cérebro inerte tem que ser ativado com uma máquina e nada melhor que a hipnotizante televisão para direcionar qual caminho a população deve seguir.

Em época de copa do mundo, o mais alienador de todos os eventos, encarado pelo população como a "chegada do Messias", essa nova esmola veio a calhar.

Legal (para eles) ver as massas pensando que uma entrada de uma simples bola em uma rede e a conquista de uma simples jarra de ouro pudesse trazer dignidade para toda a população. Parece surreal, mas grande parte da população pensa desta maneira. E para elas, a TV é mais do que necessária, é indispensável. Deixa-se de comer, mas deixar de assistir ao jogo para cumprir o dever supostamente cívico, não.
É risível e vergonhoso um governo decidir por este tipo de esmola. Mesmo observando os estragos feitos pelas outras esmolas, estimulando a preguiça e a "fábrica de filhos" para piorar a competitividade já bem alta em nosso país, é de se esperar que o estrago seja ainda maior, com uma população cada vez mais submissa as regras difundidas pelas redes de televisão, porta vozes dos interesses e convicções de seus donos, pobres mortais tão cheios de defeitos como qualquer um de nós. Certamente com defeitos ainda piores.

Triste viver num país onde o governo engana a população com esmolas paliativas, ao invés de melhorar o sistema como um todo para que toda a população pudesse andas com as próprias pernas, vivendo com dignidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.