segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Como explicar o ódio da elite à Lula e ao PT

Entrando em redes sociais e observando alguns blogues, percebo entre as pessoas de classe média alta para cima, um certo ódio ao Lula e ao grupo de políticos que o assessora. Mas não é uma repulsa justa e sim um ódio subjetivo. Como se Lula tivesse feito algo danoso ao interesse particular e exclusivo dessas pessoas.

Não estou defendendo Lula. Não sou petista muito menos lulista. Lula traiu a população não fazendo a "mudança" que anunciou fazer e ainda aproveitou os projetos sociais do pseudo-arquiinimigo FHC, que não passam de meras esmolas paliativas que deveriam ser provisórias mas existem até hoje, estimulando o aumento da taxa de natalidade de pobres - resultando nesse vandalismo cultural que vemos hoje - e a preguiça. Trabalhar para quê, se essas "Bolsa-isso" e Bolsa-aquilo" pagam o que os miseráveis querem?

O que noto nas classes "intelectualizadas" (se eles fossem de fato intelectualizados, não criticariam o Socialismo usando Lula e o PT como "prova" do fracasso da ideologia que eles odeiam), é que eles odeiam Lula pelo perfil que ele representou. Ex-operário, de aparência e comportamento rudes, ele fugia daquilo que as classes altas esperam de um presidente: aparência de rei, postura de lorde e um diploma, mesmo fajuto, pendurado na parede na sala de estar.

Estas características típicas de um lorde tinham os Fernandos e tem a maior parte dos líderes admirados pelos simpatizantes do Capitalismo, que obviamente não se importam em ser explorados pelos Grandes Empresários, pois não conseguem de jeito algum enxergar algum defeito nos donos das grandes empresas. Até porque ricaços são ricaços e a estes é "justo" que estejam no poder.

Repito: não sou a favor de Lula nem dos petistas. Eles não me dizem nada. Mas a repulsa a eles deveria ser mais objetiva, com motivos mais realistas e não como se eles fossem "caras de mamão", como naquelas birras infantis, onde se odeia alguém só porque é "feio e bobo".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.