sexta-feira, 1 de julho de 2011

Precisamos de outra forma de protesto

Várias classes entraram recentemente em greve. É justo protestar por melhores condições de trabalho e de remuneração. Mas muitas dessas greves, além de causar transtornos a população, que nada tem a ver com os sofrimentos desses trabalhadores, já não incomodam a classe patronal, já que esse tipo de protesto se tornou previsível.

Num país que vive alardeando de um canto ao outro que está "mudando" (embora eu não consiga ver alguma mudança significativa na sociedade brasileira, em qualquer setor dela), deveria pensar em outras formas de protesto que não prejudiquem a população e que prive dos interesses da classe patronal, o verdadeiro - ou o que deveria ser - alvo de todo protesto.

Não vou aqui ficar dando sugestões, pois é uma coisa a se pensar e cada tipo de profissão exige uma nova forma de protesto própria. Mas a classe trabalhadora deveria pensar em novas formas, já que greves são uma forma obsoleta e já não incomoda mais os patrões, que continuarão lançando medidas paliativas para que os trabalhadores voltem a rotina de trabalho.